Dá-nos a tua opinião sobre o filme Amanhecer-Parte 1 AQUI.

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Entre Rosas e Espinhos - 7º Capítulo

Bem, como prometido, aqui está!
Comentem, a Manuca, autora desta fic, agradece!
Boa leitura!


7º Capítulo

A semana passou arrastada e eu e o troglodita brigamos muito,todos os dias para ser mais exato,Alice já me encara como se desconfiasse de alguma coisa,vive dizendo que no fundo somos apaixonados um pelo outro.

Como ela pode dizer isso?

Eu odeio com todas as minhas forças aquele cara.

Nossas tardes de “castigo”,são a base de música e nos sempre brigamos mais e mais,nunca paramos de brigar,ontem mesmo quase saímos no tapa.

O cara sabe me provocar.

Esse final de semana vamos poder sair,quer dizer todo mundo menos eu e o troglodita.

Afinal estamos de castigo.Então vou ter de ficar o final de semana todo sozinha com aquele grosso.

Acho que vamos nos matar.

Para a minha surpresa Bella era a amiga do troglodita quando eram crianças e ao que parece voltaram a amizade,EU ODEIE ISSO.

O babaca do Nahuel fez um pedido de desculpas em publico e tenho plena consciência que ele queria mesmo era me pedir em namoro,só que não dei brecha.

Eu não sou idiota.

Mesmo assim vejo os olhares de Jacob e Edward em nossa direção, aparentemente o troglodita ficou mexido com a cena e eu gostei disso.

Foco Renesmee.

Tudo bem que o cara é lindo,lindo não um deus grego,esculpido para a perdição,seus olhos negros me fascinam e ele sem camisa deve deixar qualquer garota hiper ventilando.

Foco Renesmee você odeio o cara.

Estamos nos arrumando e só para pirraçar o Nahuel e o deixar louquinho,coloquei um vestido super sexy,deixando as minhas curvas totalmente desenhadas,rumamos para a festa e me deparei com a visão do paraíso,ou do meu inferno particular,JACOB BLACK ESTÁ UM GATO.

A festa estava rolando muito bem,até que resolvi colocar o plano em ação,levei Nahuel para fora e o cara já tava mais pra lá do que para ca,totalmente bêbado,ele acabou me obrigando a tomar droga e se drogando logo em seguida.

Depois disso não me lembro de muita coisa,só de ser ajudada por Jacob e acabamos nos beijando.

Acordo assustada,dando um pulo na cama,com a roupa trocada e Jacob Black,dormindo sentado encostado com a cabeça na minha mão.

Dei um berro.

E o cara deu um pulo da cadeira totalmente confuso.

-O que faz aqui?-Pergunto vendo as camas das minhas amigas vazias e arrumadas,ele trocou minha roupa?

Dei um outro berro me levantando.

-ALÉM DE TROGLODITA É TARADO?-Pergunto me olhando.-TROCOU MINHA ROUPA?-Esbravejei.

-NÃO EU NÃO TROQUEI SUA ROUPA SUA MA AGRADECIDA.-Disse furioso e apontando o dedo para mim.-QUEM TROCOU FOI A BELLA.-Disse irritadíssimo.

-O que faz aqui?-Pergunto já voltando ao meu tom habitual.

-Sabe que não sei?-Pergunta indo para a porta.-Se lembra de alguma coisa de ontem? –Pergunta com um tom esperançoso.

-Algumas coisas.-Disse respirando fundo.

-Como o que?-Onde ele quer chegar.

-Que me agarrou a força.-Falo cruzando os braços e levantando a sobrancelha.

-EU NÃO TE AGARREI A FORÇA NADA,VOCÊ ME BEIJOU POR QUE QUIS.-Esbravejou.

-AGARROU SIM,SE APROVEITOU QUE EU NÃO TAVA BEM.-Ele se aproximou raivoso e depois recuou.

-DEIXA PARA LÁ EU ODIEI BEIJAR VOCÊ MESMO.-Disse indo direto para a minha porta e a batendo com violência.

-EU TAMBÉM NÃO!-Gritei de volta,querendo me convencer disso.-Que mentirosa Renesmee Culle,você amou.-Sussurrei,foi ai que a porta se abriu novamente e ele entrou me puxando para um outro beijo.

Seus lábios macios e quentes beijavam os meus com ferocidade,me deixando completamente sem fôlego,suas mãos me apertavam contra seu corpo,como se me quisesse ali para sempre.

Sua língua passeava em minha boca,explorando cada canto,como se aquele fosse o nosso ultimo beijo.

E eu devo confessar.

Estou completamente,incondicionalmente apaixonada por ele.

E eu não tenho a mínima idéia de como lidar com esses sentimentos dentro de mim,é tudo tão novo.

Separamos nossos lábios completamente ofegantes e colamos nossas testas,ele me lançou um enorme sorriso,que sorriso mais lindo.

Ficou acariciando as minhas costas me deixando completamente nas nuvens,me puxou para mais um beijo,só que esse foi mais doce,mesmo com seu toque de brutalidade.

O TROGLODITA BEIJA BEM!!!

Nunca fui beijada dessa maneira tão avassaladora,tenho uma ligeira impressão que o resto é tão bom quanto.

Foco Renesmee,você não é uma vagabunda.

Separamos nossos lábios com selinhos e ele acariciou meus cabeços de forma doce.

-Por que ficou comigo?Por que se ofereceu?-Pergunto.

-Por que estava morrendo de preocupação,estava.-Se interrompeu.-Não quero admiti mais,mesmo você sendo a maior patricinha metida a besta,mexe comigo como ninguém conseguiu na vida.-Falou me abraçando ainda mais apertado.

Alisando o meu rosto e eu aproveitando cada toque que o meu troglodita favorito me proporcionava,fechei os olhos e ele se aproveitou para tomar novamente os meus lábios.

Quando a porta se abre e nos encaramos ela,vemos Alice saltitante,com a mesma roupa de ontem.

-Eu sabia,eu sabia.-Disse pulando feito um pipoca.

-Vem cá sua amiga é bipolar?-Pergunta Jacob no meu ouvido me deixando completamente arrepiada.

-Acho que é.-Disse revirando os olhos.

-Eu disse que isso ia acabar em namoro.-Falou batendo palminhas.

-E quem disse que estamos namorando?-Pergunto levantando a sobrancelha.

-COMO É QUE É?-Disse Jacob se afastando de mim,totalmente transtornado.

-Você me pediu alguma coisa?-Pergunto o encarando de forma dura e levantando a sobrancelha.

-E preciso disso?-Pergunto,o homem insensível.-Agente fica junto e acabou.-Pergunta como se isso fosse natural.

-Para mim precisa.-Disse séria.

Ele respirou fundo e me encarou.

-Onde eu fui amarar meu jegue?-Pergunta olhando para o teto e eu e Alice fizemos o mesmo,ele ta me sacaneando?-Renesmee Carlie Cullen,você quer namorar comigo?-Pergunta pegando a minha mão.

Dou um pequeno suspensa,afinal isso é a arma do negocio,ele está me encarando impaciente,quase tendo um piripaque bem na minha frente.

-Não vai me responder não?-Pergunta impaciente.

-Aceito troglodita.-Disse sorrindo.

Ele me puxou para um beijo me fazendo cair em cima dele,deixando suas mãos passeando sobre as minhas costas,em movimentos muito intensos,até demais,para a minha sanidade mental.

Afastou-me e vejo Alice ainda pulando e com um enorme sorriso.

-Eu sabia que tanto ódio era amor recolhido.-Disse saindo feito uma pipoca de tanto pular.

Jacob começou a gargalhar da minha amiga,encarei ele séria e ele e o troglodita continuou gargalhando.



-O meu amor recolhido.-Disse entre risos.Beijando-me novamente.

O meu amor recolhido.

Concordei mentalmente,não sei onde esse amor,vai me levar,só sei que estou disposta a enfrentar tudo para dar certo.

Estou com medo,mas vou seguir em frente.

2 comentários:

JoanaNeves disse...

LINDO!
Já são namorados, agora é só fazer figas para que as coisas prossigam e que não se matem tão cedo

:D

- Anne! disse...

Concordo com a Joana, Mas conhecendo a autora sei que logo logo o mar de espumas vira espinhos.. okspaoks

AMANDO!

BEIJOOS!