Dá-nos a tua opinião sobre o filme Amanhecer-Parte 1 AQUI.

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Entre Rosas e Espinhos - 24º Capítulo


24º Capítulo

Quando sai do colégio,chorei baixinho.

O caminho todo até La Push,meu pai me lançava olhares de piedade o tempo todo,odeio esse meu lado sentimental barato.

Chegamos em casa e fui direto para o meu quarto,colocando a minha mala na cama e deitando olhando para o teto.

Meu pai entrou e ficou me encarando.

-Como você consegue se expulso de novo?-Pergunta com aquele tom mandão de sempre.

-Conseguindo.-Ironizei.

-Sua namorada está sofrendo,deve ligar para ela.-Disse saindo do quarto.

Fiquei fitando o celular um tempão até criar coragem e ligar para o Emmett,afinal briguei com o meu cunhado pela manhã e ele deve me ajudar nessa parada com a Nessie.

Disquei o numero rapidamente e ele atendeu em segundo.

-Oi Jacob.-Disse bravo.

-Que foi cara?-Pergunto já me sentando na cama.

-O IMBECIU DO ALEC,GRITOU AOS QUATRO VENTOS QUE IA PEGARA A RENESMEE.-Gritou nervoso.

-O que ele falou?-Disse já com o coração a mil por hora.

-QUE IA COMER A RENESMEE!-Dei um pulo.

-COMO É?-Gritei.

-Já resolvemos.-Disse parece que está correndo.

-Como resolveu?-Emmett deve ter resolvido,afinal de contas Edward é pacifico demais para o meu gosto.

-Edward quebro a cara dele.-Disse e eu não me contive e gargalhei.

Edward brigando?

Hoje deveria ser decretado feriado nacional,só por causa desse acontecimento,respirei fundo.

-Nossa.-Disse surpreso.

-Eu sei nem eu mesmo eu o reconheci.-Disse calmamente.

-O que os pais deles vão fazer-Pergunto.

-Sairão do colégio e vão se mudar para Forks.-Deixei o celular cair no chão.

ELA VEEM MORRAR EM FORKS?

COMO EU CONSIGO SER TÃO SORTUDO?

-JACOB?-Gritou Emmett e eu apanhei o telefone.

-Oi.-Disse desnorteado.

-Estão indo hoje ainda.-Falou e eu fiz uma pequena dançinha da vitória.-Vão para a escola de Forks,para matricularem, assim que chegarem,vai ser mais ou menos de noite.-Disse e dei um pulo.

-Ta.-Disse e desligamos o telefone.

-Ta feliz né cara?-Disse e sei que está sorrindo.

-Nem sabe como.-Disse e desligamos o telefone.

Vou para a sala e vejo meu pai falando ao telefone,parece bravo por algum motivo,sei lá o que.

Parece sério e brigando com deus e o mundo.

Quando ele enfim desligou o bendito celular fui falar com ele.

-O que foi?-Pergunto me sentando bem na sua frente.

-Vai estudar na escola da reserva,a diretora te aceitou de novo.-Falou fazendo uma careta.

QUE MERDA!

-Não posso estudar em Forks?-Pergunto e ele nega.

-A diretora não quer nem te ver pintado de roxo.-Falou e eu respirei fundo.

Me levanto e vou em direção a porta.

-Onde você vai?-Pergunta.

-Vou na escola de Forks,Renesmee saio do colégio e vai estudar lá.-Disse e meu pai respirou fundo.

-A garota gosta mesmo de você.-Disse em tom sério.-Não a faça sofrer.-Disse e eu concordei com o rosto.

-Não vou.-Pego minhas chaves e vou em direção a minha moto e quem eu encontro?

Leah.

Toda sorridente,achando que vou voltar para ela,como se isso fosse ocorrer um dia.

-Olá gostosão.-Disse toda melosa.

Simplesmente peguei minha moto,a montei e dei a partida,sem falar absolutamente nada com a doida da Leah.

Há essa hora eles já devem ter chegado e eu quero falar com o Edward pessoalmente,sei lá,talvez ele desligue o telefone na minha cara e eu tenho consciência de que a Nessie deve estar ocupada.

Quando cheguei Edward estava saltando do carro ao lado de seu pai,ele me encara confuso.

-Sabia que era doido pela minha irmã,mas não sabia que era tanto.-Reclamou.

-Como ela ta?-Pergunto tentando ver se ela esta no carro.

-Ta indo,melhor agora,sabendo que está junto de você.-Disse num tom de desgosto.

-Estava preocupado com ela.-Disse e ele respirou fundo.

-Eu sei que estava,Emmett me disse.-Falou suspirando.

O pai dele se aproximou e me encarou.

Ele me lançou um olhar avaliativo,como se estivesse me testando ou algo do gênero,não ele está me testando sei que está.

-Olá.-Disse estendendo a mão.-Sou Jacob Black,namorado da sua filha.-Disse e ele apertou a minha mão.

-Muito prazer,sou Carlisle Cullen pai da Renesmee.-Disse num tom sério.

-Prazer é meu.-Disse e soltamos nossas mãos.

-Sabe poderia jantar na nossa casa hoje.-Disse e vejo Edward arregalando os olhos.-Queremos lhe conhecer melhor.-Disse e eu concordo com o rosto.

-Claro,é só me dar o endereço.-Disse e Carlisle olhou para Edward.

-De o endereço para o rapaz,enquanto vou ajeitar a matricula de vocês.-Disse e me deu um aceno de cabeça.

E foi em direção ao colégio.

Encerai Edward que suspirou,anotando onde era a casa deles numa folha de papel.

-Tome.-Disse e eu sorri.-Vai estudar aqui?-Pergunta.

-Não foi daí que fui expulso.-Disse e ele suspirou.

-Onde vai estudar?-Pergunta.

-Em La Push mesmo.-Disse olhando o papel,o endereço é perto.-Que horas devo ir?-Pergunto.

-As sete.-Disse e eu concordei.

-Então até mais.-Disse e ele concordou.

Montei em minha moto e fui para a minha casa.

Estou receoso com esse jantar,nunca tinha sido apresentado a nenhum dos pais das minhas ficantes na vida.

Também ninguém era sério ou importante,não como Renesmee é para mim.

Cheguei em casa e tomei um bom banho,colocando uma roupa legal,passei pelo meu pai que se espantou me vendo todo arrumado.

-Vai onde?-Pergunta com aquela expressão de surpresa.

-Jantar na casa da Renesmee,os pais dela querem me conhecer.-Disse nervoso e ele arregalou os olhos.

-É serio o negocio,não é?-Pergunta.

-É sim.-Disse sorrindo e sai.

Fui praticamente voando para a casa de Renesmee e quando cheguei,toquei a campainha e ela me atende.

Pulando em meus braços e me dando um beijo bastante animado e eu correspondo altura.

Estou morrendo de saudade dessa boca macia e rosada.

Da sua presença.

Estou completamente viciado nela.

Suas mãos vão de encontro ao meu cabelo e me puxam para mais perto dela,entrelaçando as suas pernas na minha cintura.

-Pare de agarração vocês dois.-Disse Edward,nervoso.

-Desculpa cunhadinho.-Falei com um tom irônico e ele torceu o nariz.

-Vamos entrar.-Disse minha patricinha.

A soltei e ela entrelaçou nossas mãos e fomos caminhando para a sala de visitas,onde se encontrava os pais dela.

-Olá Jacob.-Disse Carlisle.

-Olá.-Falei nervoso.

-Essa é Esme minha esposa e mãe de Renesmee e Edward.-Disse e a mulher de cabelos castanhos se aproximou de mim e estendeu a mão.

-Prazer.-Disse e eu peguei a mão dela.

-O prazer é meu.-Disse sorrindo.

Ficamos nos conhecendo e os pais de Renesmee ficaram perguntando sobre o meu futuro,o que me incomodou bastante,por que não tenho a mínima idéia do que eu quero fazer.

O lado bom desse encontro é que o pai dela ainda não jogou a famosa pergunta.

O que você pretende com a minha filha,porém acredito que ela ainda vai ser lançada.

A qualquer minuto.

Sem comentários: