Dá-nos a tua opinião sobre o filme Amanhecer-Parte 1 AQUI.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

P.S. eu te amo 21º Cap.

POV Jacob Black

Fomos andando de mãos dadas até o local onde Nessie havia preparado tudo para o nosso jantar. Havia uma tenda com uma mesa baixa no centro. Várias almofadas esparramadas no que parecia ser um sofá. Tudo era forrado de branco. A iluminação era feita por tochas e arranjos de flores iguais as do casamento.

- Como você fez isso tudo? É lindo!

- Tia Alice me ajudou a providenciar tudo antes de virmos para cá. Vem vamos entrar.

Deixamos os nossos calçados na entrada da tenda. Nessie colocou champanhe em duas taças e veio em minha direção. Havia uma música ao fundo que tornava o ambiente ainda mais aconchegante. Desde que nós havíamos nos casado a exatas vinte quatro horas, era a primeira vez que estávamos realmente sozinhos.

Nessie começou a dançar bem próxima a mim, e roçando seu corpo ao meu de maneira muito sexy.

- Pensei que você fosse meio tímida. Mas você está realmente me surpreendendo.

- É que eu me sinto a vontade perto de você. E depois eu tenho desejado este momento desde o dia em que descobri que te amava e nos reencontramos.

- Isso eu posso entender bem. Desejar ficar com assim com você! Desde que você nasceu eu tenho esperado pacientemente o dia em que você seria só minha, o dia em que fosse se tornar minha mulher!

Nessie estava sorrindo para mim de um jeito sexy, enquanto continuava a movimentar o quadril e passava a mão nas minhas costas. A minha reação foi me aproximar mais dela de maneira que nossos corpos ficassem colados. Tomei o último gole do champanhe, coloquei a taça ao lado. Coloquei as minhas duas mãos em sua cintura e comecei a mover o quadril dela da maneira que eu queria. Ela continuava a me olhar nos olhos.

Resolvi então que seria mais atrevido. Bem devagar comecei a beijar seu ombro de leve e pude perceber quando o meu toque a fez estremecer. Depois fui roçando meus lábios até o pescoço e fui beijando bem devagar até chegar à boca. Percebi que ela já estava com a boca meio aberta, a minha espera. O aroma que vinha dela era simplesmente irresistível para mim. Comecei a beijá-la de maneira doce, suave mais intensa. Minhas mãos deslizavam até suas coxas e subiam devagar até a lateral do seu seio.

Deixei a boca dela e percebi que ela não gostou muito. Não contive e acabei sorrindo. Fui até seu ouvido e perguntei.

- Eu posso fazer tudo o que eu quiser com você hoje?

Nessie já estava ofegando e sua respiração irregular fez com que sua voz falha-se ao me responder.

- Se levarmos em consideração de que pertenço a você e que você me dará a oportunidade de sentir um prazer que jamais senti, a resposta é sim você pode fazer o que quiser comigo.

- E tem alguma coisa em especial que você deseja que eu faça?

- Algumas, mas eu não vou falar nada. Você terá que descobrir por si mesmo.

Ela confiava em mim por que nos amávamos de maneira verdadeira e nesse momento queríamos tanto receber quanto dar prazer ao outro. E só de pensar no quanto ela me queria eu já ficava mais excitado e era impossível ela não perceber já que nossos corpos estavam colados.

Peguei o zíper que ficava na lateral do vestido e comecei a abaixá-lo devagar enquanto minha outra mão continuava deslizando pela lateral de seu corpo.

Mas eu tinha que me assegurar de que não iria fazer nada que pudesse machucá-la. Eu sabia que era mais forte que Nessie. E mesmo ela tendo um lado meio vampiro, o outro era humano e não sabíamos o quanto isso poderia interferir nesse momento. Jamais havia tido um caso de lobisomem com vampira.

- Nessie olha para mim.

- O que foi Jake. Você está com uma cara.

- Eu não sei o que pode acontecer e por mais que você seja meio vampira existe uma parte sua que é humana e eu sendo um lobisomem eu acabo sendo um pouco mais forte que você. Por isso se eu te machucar você precisa me avisar imediatamente. Promete que fará isso.

Ela assentiu com a cabeça. Eu voltei meus lábios para o seu pescoço enquanto continuava a abrir seu vestido. E quando terminei, ele caiu no chão e ela jogou com os pés para o lado.

Eu me afastei para poder admirar o quanto seu corpo era perfeito. Ela corou e aquilo me deixou ainda mais louco. Quando me aproximei ela colocou suas mãos embaixo da minha camiseta e o seu toque suave em minha pele mandava corrente elétricas. Quando dei por mim já estava sem camiseta. Ela olhou nos meus olhos enquanto começava a abrir a minha bermuda.

- Posso?

O olhar era bem sugestivo.

- Vai em frente!

Então quando terminei de falar eu já estava sem bermuda.

Continuei beijando o corpo dela enquanto ela dava beijos e pequenas mordidas no meu ombro e pescoço, enquanto sua mão fazia carinho na minha nuca e costas. Conforme eu a apertava contra o meu corpo ela dava leves puxadas no meu cabelo me pressionado mais contra ela.

Passei a minha mão bem devagar em suas costas e abri seu sutiã. Mas antes que ele caísse no chão mantive nossos corpos colados e a levei até onde tinha as almofadas. Eu a deitei delicadamente ainda com meu corpo colado ao dela. Quando ela já estava deitada eu me levantei e tirei o sutiã.

Eu estava deslumbrado. Comecei a deslizar minhas mãos de maneira bem suave do seu pescoço em direção aos seios. Ela deu um gemido bem baixinho, mordendo o lábio inferior e fechando os olhos.

Eu continuei descendo até o umbigo. Fiz este caminho por varias vezes até não resistir e começar a beijar o corpo todo dela até a cintura.

Nessie colocou uma perna em cada lado da minha cintura me prendeu de maneira que quando eu me inclinava ela podia sentir o quanto eu estava cheio de desejo por ela.

Mas ainda havia dois empecilhos. Então deslizei minha mão por entre as coxas da Nessie. Eu queria verificar se ela também estava excitada. E para minha satisfação percebi que ela estava bem parecida comigo. Isso me deixou ainda mais louco. Fui puxando sua calcinha pela lateral devagarzinho e ela gemia e dizia meu nome. Aproveitei e também tirei a minha Box.

Eu voltei a prender uma perna dela de cada lado da minha cintura.

- Jake, por favor, eu te quero.

- Agora? Resolvi provocar ela mais um pouco passando minha mão por entre as suas coxas. Sabia que se eu continuasse, ela não iria agüentar por muito tempo. Então me encaixei nela e comecei com movimentos lentos. A resistência do corpo dela me deixava ainda mais louco.

- Jake. Vai mais forte.

- Assim? Aumentei a intensidade dos movimentos do jeito que ela havia me pedido

- Sim.

Sabia que agora não faltava muito para alcançarmos o prazer junto. Como Nessie estava de olhos fechados eu pedi que ela olha-se para mim. Eu queria olhar nos olhos dela e ter certeza que ela estava gostando tanto quanto eu.

Quando ela me puxou para mais perto dela. Arranhou minhas costas e começou a mexer junto comigo. Ela se virou e ficou em cima de mim e continuou a se mexer. Mais eu queria ficar por cima pelo menos na primeira vez e então quando nos viramos o prazer veio. Ela dizia meu nome e eu o dela. Nossos corpos estavam grudados pelo suor. As bochechas da Nessie estavam rosadas. Eu continuei em cima dela por mais tempo, estar dentro dela era a sensação mais inexplicável. E ela pediu.
- Jake eu ainda quero mais!
- Eu também meu amor.
Eu comecei a beijar a boca dela com urgência e a passar a língua em seus lábios e as mãos em seus seios. Eu ainda estava louco de desejo por ela o que me impedia de sair de dentro dela.

Continuamos naquele sincronismo, um movimento prazeroso tanto pra mim quanto pra ela. Nessie já estava suando, e eu ia cada vez mais forte. Logo chegamos ao ápice, e eu desabei ao seu lado. Nessie sorriu, ofegando e deitou a cabeça sobre meu peito.

- Quero viver com você pra sempre, nesse sonho lindo Jake!

- Pra sempre.

E beijei sua testa enquanto fazia carinho nas suas costas nuas até que Nessie adormeceu em meus braços. Antes de adormecer peguei a Nessie delicadamente e a levei para casa. Coloquei-a na cama e antes de cobri-la com o lençol eu admirei seu corpo nu mais uma vez,
Eu estava me virando quando Nessie suspirou e falou enquanto dormia com um sorriso nos lábios.
- Eu te amo Jake.
Eu voltei me abaixei ao seu lado e disse em seu ouvido.
- Eu também te amo Nessie.

POV Nessie Black

Acordei com o sol entrando pela janela. Jake havia me trazido de volta para o quarto? Parecia que eu havia dormido demais. O relógio marcava onze e quarenta e sete.

As lembranças da noite passada ainda estavam nítidas. Eu agora havia me tornado a mulher mais feliz do mundo.

Rolei pela cama enquanto minhas mãos procuravam pela razão da minha felicidade, mas só encontrei o lençol macio e branco. Onde ele estava?

Levantei e me cobri com o lençol enquanto procurava o meu Jacob pela casa. Mas não o encontrei.

Ouvi um barulho vindo do lado de fora da casa e quando olhei pela janela me surpreendi quando vi um enorme Lobo avermelhado surgindo do meio da floresta, transformando-se no meu Jacob.

Voltei correndo para o quarto e vesti uma camiseta do Jake e sai a tempo de encontrá-lo na porta.

- Aproveitando o paraíso sem mim Jake?

- Meu paraíso é você Nessie! Fui apenas preparar nosso dia de aventuras. Você me parecia bem cansada e não queria te acordar. E adivinha? Tenho uma surpresa para você!

- Humm, uma surpresa? Já estou gostando disso.

Mas antes que ele pudesse dizer alguma coisa meu estomago roncou denunciando que estava faminta. Agora conseguia me lembrar que nos não havíamos comido nada no jantar de ontem.

- Mas antes é melhor nos comermos alguma coisa e depois você se arruma para irmos a um lugar... Especial...

Jake pegou na minha mão enquanto entravamos na casa.



POV Jacob Black

Resolvemos comer um lanche por ser mais rápido. Nessie estava curiosa em relação à surpresa que eu havia dito.

Resolvi esperar por Nessie na praia. Apesar de estar bastante quente e o sol bastante forte, o dia estava lindo. Perfeito!

- Vamos Jake?

Quando me virei fui surpreendido. Eu estava literalmente babando. Nessie estava com um biquíni preto com rosa e uma saída de praia que não ajudava em nada o meu bom senso. Percebi que ela estava esperando por uma resposta, que sinceramente eu não conseguia nem mesmo me lembrar qual era a pergunta.

- Vo... Você está... Maravilhosa e Sexy e...!

- Obrigada. Mas será que nós podemos ir agora?

- Ah! Claro vamos!

Nessie estava sorrindo como se estivesse se lembrando de alguma piada particular.

- Que foi?

- Nada é só a sua reação quando me viu. Foi...

- Parecia um idiota babão? Você acertou. Digamos que perto de você assim eu deixo de seu um Lobo e passo a ser um grande cachorro babão!

- Bom eu gosto sabe? Você é o meu cachorro ou lobo ou homem preferido e perfeito e eu adoro me sentir amada e desejada por você.



Corri para a mata, tirando a roupa e amarrando-a no tornozelo. Olhei e agora quem estava de boca aberta e babando era a Nessie.

- Então? Vai ficar ai? Vem vamos!

- Você não me disse nada sobre tirar a roupa! Acho que você está ficando meio tarado!

- Mas acho que tudo bem se eu for tarado pelo que é meu não é? Mas você não precisa tirar a sua roupa. É só que eu preciso me transformar!

- Você ficou doido? Alguém pode ver você!

- Impossível. Estamos completamente sozinhos nessa ilha. Ou seja, temos total privacidade. Agora relaxa!

- Vou tentar mais devo confessar que fica meio difícil com você vestido, ou melhor, sem roupa parado na minha frente.

Nessie sacudiu a cabeça rindo enquanto eu me transformava em lobo. Eu me abaixei para que ela pudesse subir nas minhas costas.

Corri com ela até um dos lugares que tinha visitado essa manhã. Era uma gruta que ficava de frente para o mar. Entrei e me abaixei para que Nessie pudesse descer. Depois me transformei de volta para a forma humana.

Coloquei a bermuda que estava presa no meu tornozelo e abracei a Nessie por trás.



POV Nessie Black



- Esse lugar... Jake!

- Que foi? Você não gostou?

- Eu adorei é... Lindo!

Era realmente uma gruta maravilhosa. Clara por dentro, iluminada pela luz do sol. Conforme íamos mais para seu interior a beleza ficava ainda maior. Nas paredes havia rochas que brilhavam conforme a luz do sol batia, fazendo refletir um espectro de cores no lugar.

- Tudo é tão... Eu estou sem palavras.

- É realmente este lugar é maravilhoso. Mas sabe nada se compara a sua beleza. Eu imaginei que você iria gostar. Eu quero que nossa lua de mel seja especial para você!

- Tudo está perfeito. Jamais vou me esquecer...

Antes que eu pudesse terminar a frase, Jake começou a beijar meu pescoço e sussurrou em meu ouvido

- Não vai...

Jacob me virou de maneira rápida de modo que minha boca encontra-se a sua já a minha espera. Era um beijo urgente e Jacob passava as mãos nas minhas costas praticamente nuas. Retribui passando as mãos nas suas costas e deslizando pelo seu peitoral até o abdômen. Eu amava aquele abdômen perfeito.

Em um movimento rápido ele me pegou nos braços me levando para a parte mais interna da gruta. Deitou-me em uma rocha lisa e seca que havia por lá. Ele realmente havia pensado em tudo!

- Te amo Jake...

- Te amo Ness...

Jacob voltou a me beijar, apoiando seu peso em um braço enquanto a outra mão passou nas minhas costas, rolando e me deixando por cima.

Eu aproveitei que estava por cima e comecei a roçar meus lábios por seu pescoço e fui descendo pelo seu peitoral enquanto minhas mãos passeavam por seu abdômen perfeito até a cintura.

Jake desamarrou a parte de cima do meu biquíni e o jogou para longe. E conforme eu continuava beijando seu corpo ele tocava meus seios e eu podia o sentirele estremecer embaixo de mim.

Voltei a beijar a sua boca. O gosto o cheiro que vinha dele me deixava louca. E enquanto nos beijávamos ele puxou a minha saída de praia. Eu levantei o meu quadril para que ele pudesse tirar e Jacob gemeu baixinho no meu ouvido. Eu fui tirando a bermuda sua bermuda enquanto me levantava devagar. Quando terminei de tirar sua bermuda, Jake olhou pra mim tão faminto quanto um leão olha para a sua presa no momento da caça.

Eu me sentei novamente na rocha de maneira que pudesse ficar confortável enquanto Jake se aproximava de mim sem tirar os olhos dos meus. Ele deu um leve sorriso parou no meu ouvido.

- Você me quer de novo?

Como resposta eu o puxei para mim. Mas antes que eu pudesse encaixar as minhas pernas na sua cintura ele deslizou as mãos até a última parte que restava do meu biquíni. Foi puxando devagar entre beijos e caricias. Agora estávamos iguais e mais nada podia nos atrapalhar.

Ele me olhou nos olhos, e eu já sabia o que ele queria me dizer: - Que seriamos um novamente. Jake veio bem devagar, com cuidado, até estar todo em mim, começando um movimento de vai e vem. Estávamos sozinhos naquela gruta, e os gemidos tanto meus quanto dele ficavam ecoavam dentro da gruta.

Eu estava vivendo um sonho. Totalmente embriagada de amor pelo homem que estava na minha frente. O homem que eu desejava a cada minuto. Jake voltou a me beijar, enquanto diminuía o ritmo, ate que paramos, e ficamos ali um tempo, juntos. Jake deitou-se ao meu lado e como de costume, apoiei minha cabeça em seu peito. Ficamos ali, em silêncio.

Olhei para o lado e vi pedras brancas e transparentes que tinham a semelhança de um cristal.

- Jake?O que são essas pedras?

- Cristais que se formar ao longo dos anos em grutas. Não são valiosas.

- Como assim não são valiosas? Só porque não são preciosas não valem nada?

- Não foi isso o que eu quis dizer... Esses cristais são realmente muito bonitos, mas o tipo de pedras que daria a você seriam as preciosas...

- Mas as coisas podem se tornar tão preciosas quanto qualquer diamante. Basta a pessoa que nos der ser a pessoa que amamos. E depois pedras preciosas não significam nada para mim.

- Você tem certeza? Eu estava pensando em dar uma de presente para você...

- Jake, a única coisa realmente valiosa que eu quero eu já tenho e está agora aqui comigo.

Jacob sorriu e me deu um selinho antes de dizer que teríamos que ir embora. Pois já estava ficando tarde e a noite a maré subia e invadia a gruta.

Coloquei meu biquíni novamente enquanto Jacob amarrava a sua bermuda no tornozelo para se transformar novamente no grande lobo avermelhado que eu tanto amava.



POV Jacob Black



Voltamos para a casa e tomamos banho.

Fiquei deitado na cama assistindo TV enquanto Nessie fazia algo na cozinha. Eu havia oferecido ajuda, mas ela insistia em fazer alguma surpresa pra mim. Devo confessar que isso me deixava um pouco preocupado, afinal Nessie na cozinha? Desde quando ela sabia cozinhar?

Quando Nessie apareceu na porta com um vestido azul-marinho curto, cabelos soltos. UAU!!!

- Você está... Maravilhosa e...

- Sexy! Jacob, seu repertorio está ficando um tanto quanto limitado. Você só pensa nisso?

- Humm, nos ficamos muito tempo esperando então acho que agora eu tenho certos direitos e você fica se vestindo assim... Por que você não vem pra cá e... Aliás, adorei a surpresa!

Sorri com cara de segundas intenções. Eu podia ver que ela também queria se deitar ao meu lado.

- Essa não é a surpresa Jake!

Nessie pegou na minha mão e começou a me puxar para a sala de jantar.

- Surpresa!

-Uaau..

A mesa estava toda arrumada com velas e flores, e no meio havia o jantar que parecia estar bom. Pelo menos o cheiro era gostoso. Mas eu não fazia a menor idéia do que se tratava a tal jantar E devo confessar que me sentia meio preocupado, por que eu sabia o quanto aquilo tudo deu trabalho para Nessie. Então fiz cara de feliz e resolvi encarar. Afinal eu era um Lobo.

- Como estamos no Brasil resolvi que podíamos aproveitar um pouco da culinária brasileira!

Enquanto dizia isso Nessie levantou a tampa da bandeja.

- Parece delicioso!

- Então se sente e vamos comer.



POV Nessie Black



Eu realmente esperava que estivesse bom! Tinha lido e relido vários livros de culinária brasileira procurando o prato perfeito para o Jake, e achei que nada seria melhor que algo quente e apimentado como ele! Por isso achei que o tal do vatapá seria algo interessante.

Servimo-nos. Eu fiquei assistindo ele dar a primeira garfada. Ele sorria pra mim e eu o encorajava com os olhos.

Mas de repente percebi que ele estava mastigando rápido demais e ficando vermelho!Engoliu de uma vez e depois virou uma jarra de água que estava na mesa direto na boca. Depois olhou pra mim meio sem jeito

- Apimentado?

- É...um pouco...Não tudo bem bastante apimentado!

- Me deixaeu provar pra ver se realmente está tão apimentada ou você que...

- Eu se fosse você não faria isso amor!

- Minha nossa quantos vidros de pimenta eu coloquei?

- Bebe água que melhora um pouco.

- Poxa mais eu pensei que fosse ficar bom. Eu queria cozinhar para você!

-Tudo bem Nessie, tenho outra surpresa pra você! Vou salvar a noite!

-Mais surpresas? Mas isso não está muito justo você consegue me fazer surpresas enquanto eu não consigo nem se quer fazer um jantar!

-Vem comigo! Você já é a minha maior surpresa.

Jake me guiou até a praia e deitou na areia, perto do mar. Olhei para meu lindo vestido que tia Alice havia escolhido especialmente para uma ocasião como essa, mas Jake sorriu pra mim. O sorriso do homem que eu mais amava na minha vida, eliminando todos os pensamentos da minha cabeça e me fazendo jogar tudo pro alto.

Deitei-me ao seu lado, e Jake entrelaçou seus dedos com os meus.

Ficamos ali, observando as maravilhas ao nosso redor. As ondas fracas batendo nos nossos pés.

- Esta vendo aquela estrela?

Jake apontou para o céu, mostrando-me um ponto brilhante.

- Sim... É linda...

- Aquela é a Atlair. Esta vendo aquela também? É a Sírius.

- Uau... É tudo tão... Incrível...

- Tenho um presente pra você! Peguei hoje naquela gruta!

Ele se levantou, sentando na areia molhada.

- Jake, eu disse que não queria uma pedra preciosa...

Jacob tirou do bolso um cordão feito a mão, com um pingente do cristal que tínhamos vista à tarde em forma de coração.

- É... Tão...

Por mais que eu tentasse não conseguia encontrar a palavra certa pra dizer o que eu senti quando vi o presente que Jacob estava me dando.

- Essa é nossa pedra preciosa agora.

Ele disse enquanto colocava o colar no meu pescoço.

- Nessie, olha uma estrela cadente! Faz um pedido!

Fechei os olhos e desejei meu mais intenso sonho. Jake me olhou e sorriu. Aproximou-se de mim e começou a e beijar.

- Fez seu pedido? Disse ele entre beijos.

- Sim... Respondi ofegando

- Pra que? Se eu já estou aqui com você. O que mais você poderia querer?

- Ahahahah.Ri abafado. Você se acha o último biscoito do pacote não é?

Jacob me beijava urgentemente, passando as mãos na minha cintura me puxando pra junto dele.

- Eu quero ter uma família completa com você. Claro que você é a razão da minha existência e provavelmente não poderia querer mais nada. Mas eu quero ter filhos com você.

- O que?

Imediatamente ele parou tudo e me olhou incrédulo.

- Esta surdo? Quero ter um filho seu Jacob!

- Isso esta fora de questão Renesmee Black! Isso é discussão perdida pra você.

- Não me chame de Renesmee Black! E você não quer ter filho comigo por que eu não sou boa o bastante pra ser mãe dos seus filhos? Quem seria melhor a Leah ou outra mulher da reserva?

As lágrimas já estavam ali testemunhando o quanto eu estava me sentindo ofendida. Eu sabia que isso era meio ridículo da minha parte por que Jacob sempre prometeu me amar e não me dar filhos e família completa.

- Não é nada disso Nessie. É claro que eu queria ter filhos com você mais eu não sei se consigo arriscar entendeu? Você viu o que aconteceu com Bella quando ela inventou isso!

- Isso? Isso sou eu Jake! E se Bella tivesse concordado com o que Edward queria? Eu não estaria aqui hoje!

Jake não teve como discutir. Eu tinha razão. Mas agora vendo o argumento dele eu podia ver que na verdade não é que ele não queria que eu fosse à mãe dos seus filhos, mas sim que ele tinha medo de que algo pudesse me acontecer. Mas eu sabia ser tão teimosa quanto Bella quando queria realmente uma coisa.

- É perigoso Nessie. E depois eu não iria me perdoar se algo ruim acontecesse com você! Porque você quer isso?

- Jake, sou sua mulher, quero ter uma família com você, quero te dar herdeiros!

- Você não vai desistir disso não é?

- Não Jacob. Por que eu sei que isso será a segunda coisa mais importante da minha vida. A primeira eu já tenho desde que eu nasci, ou seja, você. Mas eu quero ter uma vida feliz e completa com você. Eu trocaria qualquer coisa por isso. Se pudesse escolher me tornar completamente humana para ser mãe dos seus filhos eu faria Jake. Você consegue entender isso.

- Sim. Este é o tipo de sonho que eu já tive no passado. Viver em La Push com a minha família. Tudo bem que na época a mulher que ocupava o lugar ao meu lado não era você e eu nem se quer sabia o que era amar alguém. Mas ainda assim Nessie, não temos garantias que isso possa acontecer.

- Olha Jake eu não estou pedindo que você me engravide agora só promete que vai pensar sobre isso. E depois podemos falar com o Carlisle e...

Antes que eu pudesse terminar a frase Jacob já estava me beijando novamente. E dessa vez faríamos amor ali mesmo sob a lua onde a estrela cadente havia passado e meu pedido havia sido feito.

2 comentários:

Anónimo disse...

ahh um filho!!!!!!!!!!!! SIM!!!!!! mts parabéns pelo capitulo enorme
Beijos
Matilde

guidinharp_the best disse...

eu não sei como te dizer isto mas tu escreves com uma perfeiçam onde descreves tudo ao promenor.
tu és realmente boa
continua assim
bjs guidinha