Dá-nos a tua opinião sobre o filme Amanhecer-Parte 1 AQUI.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

A Cura - 17º Capítulo

Comentem!
A Manuca agradece!
bjs


17º Capítulo

Estou na casa de Jake,estamos brincando de esconde,esconde com os amigos dele.

-Nessie.-Me chamou Jake.

Viro o meu rosto e ele me puxa para irmos para um lugar mais escuro.

-To com medo.-Disse manhosa.

-Não se preocupe,estou aqui.-Disse me abraçando.-Sempre vou estar aqui.-Falou e nos encaramos.

Mesmo no escuro,sei que ele está sorrindo para mim.

Como estou sorrindo para ele,não sei mas sempre me sinto segura com Jake,ele é o meu melhor amigo e sempre sinto uma imensa falta dele toda vez que não estou perto dele.

É como se um pedaço do meu coração estivesse faltando.

Nesse momento percebi que estava completamente apaixonada por ele.

Um barulho me faz sair dos meus devaneios,um bi,bi,bi,no meu ouvido,alguma coisa em meu nariz e sei mais o que.

Sinto um cheiro estranho.

Meu braço esta imobilizado e sinto alguém pegando em minha mão,como se fosse a ultima coisa na fase da Terra.

Abro os olhos e fixo numa parede completamente branca.

Meus olhos estão doendo e minha vista está totalmente embaçada.

Viro o meu rosto e encontro Jake dormindo em cima das próprias mãos e uma delas estão segurando a minha mão direita.

Olho a sua expressão e ela está totalmente perturbada,parece que está exausto.

Olho para o outro lado do quarto e vejo os meus pais,dormindo abraçadinhos,a maquiagem da minha mãe totalmente desfeita,pelas lágrimas.

Me sinto uma inútil.

A ultima pessoa da fase da Terra em ver as pessoas que eu amo sofrendo,deveria ter morrido logo e não estou aqui,fazendo as pessoas sofrerem.

Começo a chorar,sem ao menos perceber.

Então olho para Jake novamente e lá está ele com aqueles lindos e hipnotizantes olhos negros me olhando.

Com um olhar aliviado e ao mesmo tempo com medo.

-Nunca mais faz isso por favor.-Disse chorando.

Ele se aproxima de mim,se sentando na minha cama,colocando suas mãos em meu rosto sustentando nosso olhar.

-Não me importo em não fazer amor com você agora,contanto que você esteja do meu lado.-Disse soluçando.-Nessie você não tem idéia de quanto eu te amo,de quanto você é importante para mim e quanto me machuca ver você tentar se ferir.-Disse e abaixou a cabeça com os olhos fechados.

-Jake.-Disse com uma voz fraca ainda tonta.

-Deixa eu terminar de falar.-Disse com uma voz irritada,não falei mais nada.- Renesmee Carlie Cullen,eu te amo mais que a mim mesmo,nunca duvide disso.-Disse me encarando.-Por tanto não tente se matar novamente,por que se você conseguir vamos nos ver no inferno.-Disse me encarando e eu arregalei os olhos.-Por que se você se matar,eu vou atrás.-Disse com uma voz tão convincente que cheguei a me assustar.

-Jake.-Não conseguia dizer mais nada que não seja o seu nome.

-Não me venha com Jake,se você for para o inferno eu vou junto,se você for para o céu eu vou junto,se você for para a conchichina,eu vou junto,nem deus me faz ficar separado de você garota.-Disse com a voz mais rouca que o normal secando as próprias lagrimas.

Ficamos nos encarando por um longo tempo,até que ele passou a mão em meus cabelos e eu fechei os olhos.

-O que pensou que iria acontecer?-Pergunta e eu não falei nada,só ouvi.-Que iria te esquecer se morresse?-Pergunta.

-Seria melhor.-Ele calou meus lábios com os dedos.

-Não seria nada,você não estaria aqui.-Disse com sua voz rouca.-Se não me deseja tudo bem,eu espero.-Disse respirando fundo.

-Esse é o problema.-Disse abrindo os olhos.-Eu te desejo muito.-Falei e ele abriu o maior dos sorrisos.-Só não consigo ir adiante.-Disse e ele se aproximou.

-Me deixa mostrar que consegue?-Pergunta.-Deixa eu te dar a melhor noite de sua vida?-Pergunta.-Deixa eu te amar como se deve.-Disse ainda mais próximo.

Encarei seus lindo e brilhantes olhos negros e lá posso ver amor,muito amor,porém ainda não me sinto digna desse amor.

-Você merece alguém melhor.-Digo e ele me cala novamente com seus dedos.

-Eu nasci para te amar e você nasceu para me amar.-Disse e mesmo querendo não chorar com que ele acabou de me dizer não consegui.

Chorei em silencio olhando para o meu colo.

Jake me abraçou e acariciou os meus cabelos de uma forma totalmente terna e amorosa.

Não sei o que faço quero ser amada e esquecer de tudo o que aconteceu comigo,sei também que ele é a minha cura e que o melhor a se fazer é deixá-lo longe de mim.

Só não sei se tenho forças para isso.

Olho para cima e Jake está de olhos fechados com a testa colada na minha,está chorando tanto quanto eu estou chorando.

Será que eu consigo me deixar ser amada?

Meu corpo deseja o dele desesperadamente,porém eu consigo sentir alguém dentro de mim,sem repulsa?

Só vou saber se testar.

-Eu quero Jake.-Disse e ele me encarou.

Passou as mãos em minhas bochechas e fitou meus olhos de uma maneira intensa.

-Não está se sentindo pressionada não é?-Pergunta.

-Não.-Disse movendo o rosto.

-Você é especial de mais para te pressionar.-Voltou a repeti.-Eu te amo demais para isso.-Disse.

Olhei seus olhos negros e lhe dei um selinho.

-Eu quero você.-Disse olhando em seus olhos e ele sorrio.

-Prometo que não vai se arrepender.-Disse sorrindo abertamente.

Eu sei que não vou me arrepender.

Ou vou?

Sei lá.

Se estou viva é por que tenho que fazer mais alguma coisa aqui,pelo menos eu tenho que pensar assim,por que se não,não vou suportar mais.

Jake me fez ficar completamente aconchegada em seus braços e me senti segura novamente.

Meus medos foram para o ralo.

Depois da conversa Jake chamou os enfermeiros e meu avo,me deu a maior bronca,minha mãe me abraçou fortemente e me contou que se não fosse por Jake estaria morta a uma hora dessas,pois tive exatamente três paradas cardíacas e se ele não estivesse ao meu lado,para fazer a massagem,tinha ido para o quinto dos infernos.

Claro que ela não falou exatamente isso,mas é como eu interpretei.

Recebi inúmeras visitas e muitos puxões de orelha.

Tia Rose implicou com Jake inúmeras vezes e teve a petulância de mandar ele ir embora,só que claro que eu não deixei.

Como ela ousa fazer isso com ele?

Não mesmo.

Mesmo não achando certo o meu amor por ele,não tenho como impedir isso de crescer e se desenvolver.

Pois eu sou completamente,incondicionalmente apaixonada por ele.

3 comentários:

Anónimo disse...

Muito bom ! :)

Anónimo disse...

não vejo a hora de ler outro capitulo \õ

- Anne! disse...

Cap. simplesmente perfeito...
Ness & Jake ever!